Hi.
I come to share my mixtape of songs I like to hear. I left the free download!
"Music never gets old."

The origin of this style dates back to a parallel era to Soul music, in the 1970s, whose performance in Brazil was performed by DJs like Mister Funk Santos. The charm has more of Philadelphia's sound by arrangement and melody than Soul, after all, it was a third strand after Soul and Funk.
At the end of 1976, Soul music showed signs of wear and tear, either by pulverizing the repertoire or not renewing its audience. Another detail that would hasten Soul's death was the birth of another movement among young white people from the North and West of Rio - "The Sound of Cocotas". Here is the record that the "Black Rio" movement was made up of 60% of blacks and browns, 40% of poor whites and mestizos from the outskirts of the city. The first "thump" suffered by the Soul movement was undoubtedly the discovery and identification of "pop-rock" sound by white people in the north. The second and definitive blow suffered by the dying Soul music was dealt with by the revolution brought on by music in 1977. Because it was a worldwide movement, disco music changed the behavior, fashion and culture of young people in the North Zone of Rio and much of it. Brazil.

The term charm (R&B) was coined by Corello DJ in Rio de Janeiro in March 1980. DJ Corello began experimenting with other forms of black music at the time. It introduces the musicality of charm and people start to like it. He had not given a name to this experience, but noted that the dancer had a very different body movement. At a ball at the Mackenzie, in the Méier district, Corello invites: "It's time for the charm, trance your body very slowly." This story of the "charminho" was in people's minds and they started to say: "now I'm going to the charminho, I'll hear a charm, I'm going to Corello that will have charm".

A origem deste estilo remonta uma época paralela à Soul music, nos anos 1970, cuja execução no Brasil foi realizada por DJs como Mister Funk Santos. O charme tem mais do som da Filadélfia pelos arranjos e melodia do que propriamente do Soul, afinal, tratava-se de uma terceira vertente depois do Soul e o Funk.

No final de 1976, a Soul music dava sinais de desgaste, seja pela pulverização do repertório ou pela não renovação do seu público. Outro detalhe que apressaria a morte do Soul foi o nascimento de um outro movimento entre jovens brancos da Zona Norte e Oeste do Rio - "O som das Cocotas". Fica aqui o registro que o movimento "Black Rio" era formado por 60% de negros e pardos, 40% de brancos e mestiços pobres da periferia da cidade. O primeiro "baque" sofrido pelo movimento Soul foi, sem dúvida, a descoberta e identificação do som "pop-rock" pelos frequentadores brancos da zona norte. O segundo e definitivo golpe sofrido pela agonizante Soul music foi dado pela revolução trazida peladisco music em 1977. Por ter sido um movimento mundial, a disco music mudou o comportamento, a moda e a cultura dos jovens da Zona Norte do Rio e boa parte de Brasil.

O termo charme (R&B) foi criado por Corello DJ, no Rio de Janeiro, em março de 1980.O DJ Corello começou na época a fazer experiências de outras formas de black music. Ele introduz a musicalidade do charme e as pessoas começam a gostar. Ele não tinha dado um nome para essa experiência, mas observou que quem dançava tinha um movimento corporal bem diferenciado. Em um baile no Mackenzie, no bairro do Méier, o Corello convida: "Chegou a hora do charminho, transe seu corpo bem devagarinho". Essa estória do "charminho" ficou na cabeça das pessoas e elas passaram a falar: "agora eu vou pro charminho, vou ouvir um charme, vou lá no Corello que vai ter charme".

Em 1980 a discoteca se enfraquece como movimento de "dança coletiva", abrindo espaço para o "pop orientado" das gravadoras multinacionais instaladas no Brasil, deixando, por assim dizer, um vácuo musical nas equipes de som do subúrbio do Rio. Corello aproveitou esse "hiato" musical e experimentou músicas e estilos não percebidos por outros DJ's da época.

    R&B
    • Type: Mix
    • 101 bpm
    • Key: Am
    • Porto Alegre, Brasil
    Full Link
    Short Link (Twitter)